Brain Dump: foque no que importa e liberte sua mente

Muita gente fala em organização, fazer listas de tarefas, ser produtiva.

Mas como fazer isso de maneira que seja saudável e sem aquela sensação opressora de que a tarefa tem que ser concluída a ferro e fogo?



Papel e caneta na mão!


Sempre me perguntam porque eu gosto tanto de bloquinhos de papel. Uso muito para fazer meus despejos (tem gente que chama de "depósito de ideias"). Sabe aqueles papel que iriam para o lixo? Eu reuso tudo para fazer minhas listas de brain dump!


Antes de falar em lista de tarefas quero apresentar o brain dump que, numa tradução literal, significa despejo do cérebro. Sabe aquela enxame de ideias, compromissos e tarefas que pairam na sua cabeça e te deixam com aquela sensação de que você tem MUITA coisa pra fazer? Pois é... Descarregue tudo num papel. TU-DO.


A ideia aqui é limpar sua mente e deixar ela trabalhar no que realmente importa, promovendo foco e te deixando realmente produtiva (mas sem te estressar... ;D)


Eu apenas vou colocando tudo em forma de lista, sem levar em conta a importância, tamanho ou tempo para realizar a tarefa (vide foto). Já vi gente que escreve uma carta: "tenho que marcar o médico do Pedrinho, separar os contratos e se der tempo tenho que enviar o orçamento de Braz....". Bem, faça do jeito que funciona para você. O importante é descarregar tudo e limpar sua mente.


Não tem tempo certo. Tem gente que faz diariamente, tem gente que faz semanalmente.

Geralmente faço semanalmente mas vez por outra faço antes de dormir...

Às vezes, meu cérebro fervilha com ideias e tarefas, então coloco tudo no papel e consigo relaxar para dormir. Tem blocos de papel na cozinha, na sala, na minha mesa. Eu funciono assim.



Organizando as ideias


Eu uso planner há três anos. Antes eu usava agenda... Acho que sempre tentei anotar minhas coisas, mesmo sem conhecer técnicas de produtividade. Dia desses achei uma agenda de 2007!!! E tenho tantas outras guardadas... Eu já tentei me adaptar ao digital mas, pasmem, não consigo. Simplesmente não funciona pra mim.


Bem, sabe aquela lista que eu despejei tudo da minha mente?

Agora vou organizar as atividades na minha semana.

Mas como organizar uma lista bagunçada?

Primeiro eu destaco as tarefas mais importantes para segunda.

Por exemplo, estou trabalhando com duas clientes.

As atividades relativas aos serviços delas, são listados logo na primeira parte do dia (manhã).



Tarefa, tarefinha, tarefona


Não se engane: as tarefas demandam tempo e esforços diferentes.

Desmembre uma tarefa em mini tarefas.

Por exemplo: Adesivos Kraft (minha primeira linha lá do despejo)

As artes já estão prontas. Preciso:

  1. montar as cartelas

  2. criar as marcas de cortes

  3. montar arquivos na Silhouette

  4. testar impressões

  5. Laminar cartelas

  6. testar os cortes

Veja bem, para concluir a tarefa "Adesivos Kraft", eu tive que fazer seis tarefinhas.

Isso porque as artes já estão prontas.

Deu para acompanhar meu raciocínio?


Se fossem cartelas coloridas, a tarefa 4 "testar impressões",

exigiria o triplo de tempo do teste da cartela kraft pq eu faço ajuste de cores

para ficar do jeito que eu imaginei...


Tudo pronto, vamos!


Fazer os despejos me deixou menos ansiosa e menos estressada. Ultimamente tento viver o presente e a escrita é um exercício de atenção plena. Com tudo anotado e organizado, eu sou mais produtiva. Além disso, raramente me esqueço de algo. Estou me readaptando ao meu novo ritmo, mais lento e orgânico. Sem pressão e com energia mental para lidar com o que realmente importa.


Já conhecia as técnicas?

Gostou desse tipo de conteúdo por aqui?


Que outubro seja um mês de surpresas boas.


Um Xero,


Pri








22 visualizações
0
Ilustração_Sem_Título - 2019-09-05T23452

SAIBA MAIS

#elaéorganizadaela

#adesivoatenatesta

Use as hashtags para compartilhar as fotos 

da sua compra! Vamos

amar ver e compartilhar.

SE INSCREVA NA NEWS!

Freebies, dicas, promos e mais!

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black Pinterest Icon